AES ainda negocia complexo eólico com Renova

Posted on Posted in Agência de Notícias, Empresas & Mercados
O mercado de energia limpa no Brasil tem acompanhado desde janeiro notícias sobre a possível venda de um dos ativos da Renova Energia para a unidade brasileira da norte-americana AES. Trata-se do complexo eólico Alto Sertão II, localizado na região de Caetité, Bahia. A notícia se fortaleceu com uma publicação da agência Reuters na última sexta-feira, dia 31, indicando que o negócio - na ordem de R$ 700 milhões - seria concluído na segunda-feira, dia 03 de abril. Até o momento, o fato não se concretizou. Procurada, a AES declarou que continua as tratativas sobre a proposta para potencial aquisição do complexo Alto Sertão II. Segundo a assessoria de imprensa da empresa, assim que a companhia tiver novidades, comunicará ao mercado. A venda do complexo Alto Sertão II seria uma das contrapartidas para a entrada da canadense Brookfield no bloco controlador da Renova, injetando capital na empresa para continuidade de projetos eólicos e solares e revertendo assim os prejuízos acumulados na empresa nos últimos trimestres. Também procurada, a Brookfield disse que não comentaria o assunto. Até a última quarta-feira, dia 04, o impacto da possibilidade de compra do Alto Sertão II fizeram os papéis terem um alto volume de negociação: as ações preferenciais (RNEW4) chegaram a valorização de 1.150%, com a máxima cotada a R$ 4,05, e fechou o pregão da última quarta (5) em queda de 28,5%, a R$ 2,50. As units (RNEW11), que dão direito a 1 ação ordinária e 2 preferenciais, fecharam em queda de 12,20%, cotadas a R$ 7,20. Segundo Victor Martins. analista da Planner Corretora, os motivos da valorização das units da Renova são desconhecidos. "O único fato comunicado ao mercado trata-se da oferta vinculante para alienação do conjunto de parques eólicos [Alto Sertão II] para a AES Tietê Energia. Essa possível venda está alinhada com a estratégia de readequação da estrutura de capital da companhia, de modo a garantir a sustentabilidade dos seus negócios no longo prazo", comentou. O complexo Alto Sertão II é um projeto em execução da Renova Energia que conta com 230 aerogeradores, 15 parques eólicos e uma potência de 386,1 MW. Questionada sobre os rumores da venda do Alto Sertão II e da entrada da Brookfield, a Renova não se manifestou até o fechamento desta reportagem.

Por Hans Misfeldt - Agência BMx3

Reprodução autorizada e gratuita desde que citada a fonte.

Complexo Alto Sertão II (Foto Reprodução Site Renova)
Complexo Alto Sertão II (Foto Reprodução Site Renova)

Comentários

Comentários